segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Stay on these roads

Como prometido, aqui estou eu para contar a história mirabolante do meu namoro com o Dado! rs ;)

Sim, de fato, nos conhecemos via Fotolog! Foi em 2004, eu tinha 16 anos e atualizava meu flog religiosamente todos os dias... além do /2em1, flog em conjunto com a minha sister Mila (eu sempre gostei de compartilhar as coisas! haueh).

Enfim, na época, como eu só postava fotos narcisistas da minha cara na frente do espelho, toda hora aparecia algum sem-noçao nos comentários com frases do tipo: "Oi, de onde vc é?? Te achei mto gata..." ¬¬ E como eu era solteira e não tinha quase nada na cabeça (rs), alguns eu respondia, outros não.

Dia desses aparece um tal de /me_nino comentando sobre Senhor dos Anéis (que era o assunto do post) todo cheio das piadinhas, perguntando em q parte de Vila Isabel q eu morava, pq ele morava ali pertinho, na Tijuca... resumindo, puxando assunto. E lá fui eu no flog dele responder. De cara, achei ele bonito ;) (UUUUI) Mas oq mais me chamou a atenção foram os posts do fotolog dele: poucas fotos dele mesmo, mtos assuntos aleatórios engraçados, além de posts nostálgicos super legais!

Ficamos comentando um no flog do outro durante alguns dias, até q, do NADA, surge um desconhecido no meu MSN (e eu não divulgava o e-mail do meu MSN em lugar nenhum!), perguntando se eu era a Carolina. Foi só dizer q sim q pronto: "Oi, é o Eduardo, o /me_nino, do Fotolog" o.O Fiquei bege, gente! haeuaheuh O cara era tipo hacker ou alguma coisa parecida! Mas depois eu me toquei q eu mesma acabei dando a dica pra ele descobrir meu MSN... mas o fato era: dali em diante, a gente passou a conversar praticamente todos os dias via MSN. Horas a fio conversando sobre tudo e sempre rindo MUITO!

A gente indicava músicas um pro outro baixar e foi através dele q eu descobri o A-ha, uma das minhas bandas preferidas hoje em dia (L) hehehe. Depois de muito teclar, trocamos telefones. E lá se foram mais horas e horas pendurados no telefone, rindo q nem crianças e nos conhecendo melhor. Até meu pai já tava desconfiado, pq ele atendeu o telefone antes de mim algumas vezes e depois ficou me perguntando: "Quem era??" hahaha

Também não demorou muito pra gente marcar de se conhecer pessoalmente. E fui EU quem deu o primeiro passo! hahaha pq a gente já tinha comentado de marcar um cinema, mas acabou q o assunto ficou meio de lado... Um dia eu resolvi tomar a iniciativa: "E o cinema, quando q a gente vai marcar?" ;D Mas gente, não se enganem, eu era uma flor de tão pura nessa época hahahaha Eu queria ir no cinema mas totalmente no clima de amizade!

Acabou q marcamos de pegar o metrô (o qual eu ainda não sabia utilizar hahaha) e ir até Botafogo ver "Eu, Robô" (q nostalgia!). Nos encontramos na porta de uma loja e ate hoje me lembro da primeira vez que eu vi o Dado: todo fofo na frente do jornaleiro, olhando pros lados me procurando, com um casaco na mão (L) ownnn E pra ficar ainda mais fofo, quando eu fui lá falar com ele, ele falou: "Trouxe esse casaco pra vc não sentir frio no cinema.." OWNNN genteee! Que amorrrrr *aperta* Achei mto lindo o gesto e morri de raiva do fato de ter levado o meu próprio casaco na bolsa! :@ hahaha Acabei nem usando o dele.

Dali até Botafogo a gente foi conversando muito, não teve nenhum momento "constrangedor", parecia que a gente já se conhecia (totalmente clichê isso, mas é verdade)! O dia foi ótimo e não, nós NÃO ficamos! rs A gente realmente foi como amigos e foi muito legal!

Voltamos a nos encontrar outras vezes e cada dia q passava eu descobria alguma no Dado que eu gostava! Até que... alguns meses depois, pelo MSN, ele mandou uma mensagem bem direta: "Carol, acho q estou gostando de vc mais do q devia" (ou algo do tipo). Eu lembro q nem soube oq responder na hora e fiquei dias me perguntando oq devia fazer... foram dias de longa meditação e auto-conhecimento... HAHAHAHA brincadeira, mas foi difícil sim pra mim decifrar oq eu sentia por ele, pq eu era mto nova... Mas acabei percebendo q eu também gostava MUITO dele, mais do q como um amigo e resolvi ver no q dava (pq tb tinha medo de não dar certo e acabar perdendo a amizade tao especial q a gente tinha)!

Aí foi engraçadíssimo, pq a gente teve uma conversa mto sincera pelo telefone, ambos disseram oq sentiam e tal e entao marcamos de nos encontrar. Gente, a gente se encontrou, pegou o metrô, vimos o filme, voltamos pra Tijuca e nenhum dos dois puxou o assunto! hauehauehuhe É sério! Toda hora eu pensava: "será q eu falo agora? Ah não, vou esperar ele falar alguma coisa!" E acho q ele pensou exatamente da mesma maneira! Até q chegamos no ponto, onde eu ia pegar o ônibus pra ir pra casa e acho q ele percebeu q, OK, ou falava agora ou não falava mais! Ai gente, foi tão romântico! Ele falou assim: "Então, Carol, aquilo q vc disse no telefone... vc mudou de idéia?" E eu: "...Não!" *trilha de filme romântico* hauehueh

O que eu mais gosto do início do nosso namoro é q, ao contrário de todos os outros, o nosso começou com um "não" ao invés de um "sim"! Olha q original! rs

Então, é isso, gente. Daí em diante, a gente não se desgrudou mais :) Foi um início lindo, mas eu acho o decorrer mais legal ainda, pq a gente se conheceu de fato, tivemos vários momentos bons, outros nem tanto, mas hoje em dia eu não consigo me imaginar sem o Dado! E apesar da nossa diferença de idade (são 7 anos!), a gente nunca deixou de conversar um com o outro, como sempre fizemos. O Dado é aquela pessoa com quem eu passo horas rindo, falando besteira, mesmo depois de 4 anos, não acaba o assunto! heauheuh E isso é o melhor de tudo, com certeza (L)




Bom, chega, né? O Sermão da Montanha acabou, se é q alguém teve a paciência de ler isso tudo! haueh Mas a história ate q é legal, vai... e eu adoro contar! É a prova viva de q, como disse sabiamente Xuxa: "tudo q tiver de ser, será", mesmo q por fotolog! rs ;)

Bjooos!

Um comentário:

  1. Eu li tudinhu, e achei muito fofa a historia de vocês!!!
    bjo

    ResponderExcluir